Tamera em Transição

Apoiem o nosso trabalho!

Newsletter, 25 de Setembro de 2017


Caros amigas e amigos de Tamera,

Escrevemos-vos com um pedido de apoio financeiro. A nossa temporada de visitantes está a chegar ao fim.

Enquanto os nossos seminários públicos continuam até meados de Outubro, iniciámos uma reflexão sobre os últimos meses – reflectindo sobre as duas escolas de amor, as diversas semanas de introdução para os novos visitantes, os dois cursos online, um curso sobre comunidade, e o destaque deste ano – o encontro internacional „Defender o Sagrado“ com a sua acção de arte política na praia de Odeceixe, contra os planos de exploração de petróleo, e o manifesto conjunto que daí surgiu.

Desde o início deste ano, começámos a trabalhar juntamente com peritos internacionais de forma a preparar dois grandes projectos que planeamos implementar no próximo ano: “Blueprint 200”, um modelo para um povoamento residencial regenerativo com capacidade para 200 pessoas, a utilizar em campos de refugiados, eco-aldeias e biótopos de cura; e o projecto para alcançar autonomia energética em Tamera, um sistema complexo que irá abastecer Tamera recorrendo exclusivamente às suas próprias fontes de energia.

De forma a realizar estes dois projectos, a “Grace Foundation” realiza um evento de captação de fundos na California. Benjamin von Mendelssohn, Sabine Lichtenfels, Christoph Ulbig, Janos Valder, Vera Kleinhammes e amigos dos EUA estarão presentes para apresentar estes planos.

Simultaneamente, o processo “PIER” (Plano de Intervenção em Espaço Rural) encontra-se na fase inicial após anos de preparação. Em colaboração com o concelho de Odemira e duas equipas de arquitectos, o plano de uso do território para Tamera será desenvolvido durante o Outono. Isto irá permitir-nos continuar a desenvolver legalmente o primeiro Biótopo de Cura em Portugal. Esperamos que este processo ajude a criar comunidades-modelo semelhantes na Europa e no mundo inteiro. 

Apesar destes grandes sucessos enfrentamos um desafio financeiro, uma vez que esta temporada  de visitantes nos trouxe um retorno financeiro bastante inferior aos anos anteriores.

Porquê? Estamos a tornar-nos num autêntico centro de investigação e educação. Durante o próximo ano, queremos oferecer cursos profundos e de longa-duração para trabalhadores de paz internacionais e líderes de futuros Biótopos de Cura.

De forma a preparar este passo na sua devida profundidade, decidimos no início desde ano oferecer menos seminários durante a temporada de visitantes, focando-nos na “Escola Akron”: desde Abril, iniciámos uma educação interna, contínua e intensiva, conduzida pelos nossos fundadores Dieter Duhm e Sabine Lichtenfels, com o objectivo de formar facilitadores e líderes de projectos.

O entrave financeiro era assim quase inevitável – até ao final da temporada de visitantes, teremos um deficit de 250.000 euros. Para continuar com o nosso trabalho e permanecer nesta direcção, pedimos o apoio de todos os que amam o plano dos biótopos de cura.

Um visitante Alemão disse-nos: "Tamera é um centro de educação para um conhecimento de sobrevivência urgentemente necessário nos dias de hoje. Como centro de investigação e educação, Tamera deveria ter direito a financiamento público." Ainda não existem estados que ofereçam fundos a projectos radicais como este, mas talvez exista já um crescente círculo de amigos e apoiantes que queiram ajudar à continuação do nosso trabalho.

Para apoiar, podem:

Ao longo dos últimos três anos, reembolsámos mais de 300.000€ comparando com o que recebemos, e dissolvemos todas as dívidas bancárias com o objectivo de nos libertámos da dívida – algo que apenas foi possível graças a um bom volume de receitas. Contudo, uma vez que prevemos a continuação desta restruturação durante os próximos dois anos, planeamos contrair temporariamente novos empréstimos – desta vez recorrendo exclusivamente aos amigos deste projecto.

 

Pedimos que ajudem Tamera a alcançar este novo nível, de forma a podermos apoiar e fortalecer um  maior número de forças de paz no mundo inteiro. Em nome de um futuro saudável, para as nossas crianças e as gerações vindouras!


Gratos pela vossa ajuda e pelos vossos pensamentos,
Saudações calorosas,

Sabine Lichtenfels e Roland Luder,
em nome da Comunidade de Tamera.