Construção à prova de fogo e sismos usando argila e palha de arroz local

Uma colaboração entre Tamera, Terrapalha arquitectos e Laboratório ITECONS da Universidade de Coimbra financiada pelo Portugal 2020

Olhando para a Torre Grenfell em Londres, e para o período de fogos em Portugal, deparamo-nos com a seguinte questão: Quais os materiais à prova de fogo? 

Através deste projecto conseguiu-se testar em laboratório as propriedades de segurança para construção dos painéis de paredes pré-fabricados de palha de arroz, madeira e argila. Tendo-se obtido excelentes resultados no que diz respeito à resistência ao fogo. O teste foi desligado aos 120 minutos e as paredes mantinham a sua integridade estrutural. 

A arquitectura vernácula do Alentejo sempre utilizou materiais naturais, locais, como as paredes em terra crua. Com o advento da industrialização estas técnicas foram abandonadas. Recentemente a procura de soluções sustentáveis volta a pôr enfase na tradição como uma solução para o futuro.

Em comparação com outros materiais de construção, a palha oferece bons níveis de isolamento térmico, acústico, resistência ao fogo e à humidade, substituindo também materiais de isolamento que recorrem ao plástico e aos derivados do petróleo. No Alentejo, a utilização da palha de arroz tornou-se uma ideia inovadora, uma vez que recorre à utilização de um material visto até agora como um desperdício agrícola. O programa da União Europeia, Portugal 2020, apoia o projecto de investigação que visa comprovar as amplamente conhecidas propriedades da palha, oferecendo-lhes também reconhecimento público e técnico. Com os ensaios padronizados de resistência ao fogo e outras características de segurança comuns derivadas do ETA (European Technical Assessment), será possível produzir unidades de construção pré-fabricadas em grande escala, compostas por palha de arroz, madeira e argila. Abre-se assim caminho para construções modernas com materiais naturais.

O CO2 produzido pela energia incorporada na construção destes painéis é próximo do zero ou até negativo. Os materiais que compõem o painel são pouco transformados industrialmente, são locais e durante o crescimento, o arroz absorve CO2. Oferecendo uma solução na redução do aquecimento global do Planeta.

Terminou em Junho 2017, um ano de pesquisa entre o instituto “Itecons” da Universidade de Coimbra e “ILOS – Peace Research Centre, Lda”, empresa proprietária de Tamera sediada no Concelho de Odemira. Colaboradores da ILOS construíram uma série de protótipos de paredes pré-fabricadas: estrutura de madeira, palha de arroz e reboco interior e exterior de argila. Estas paredes foram testadas no Instituto Tecnalia em Bilbao, Espanha, quanto às suas propriedades de resistência ao fogo. No Itecons testou-se a reacção ao fogo, o coeficiente de condutibilidade térmica, as propriedades de transmissão ao vapor de água e a resistência a outras influências ambientais.

Christoph Ulbig (Tamera) e Catarina Pinto (Terrapalha), coordenadores do projecto, afirmam que apenas uma pequena espessura de reboco (1,5cms) de argila é suficiente para que as paredes de palha de arroz ofereçam níveis de durabilidade e conforto superiores. Quando comparados com materiais de construção de base plástica, estes materiais naturais podem oferecer soluções para três vezes mais tempo de resistência ao fogo.

Peter Koll, director da ILOS, tem esperança que esta pesquisa venha a contribuir para o aumento do potencial económico da região do Alentejo sendo que “estes módulos podem ser produzidos localmente, permitindo assim combinar a bio-construção com a produção industrial.”

O projecto de investigação contou com um orçamento de vinte mil euros. A ILOS contribuiu com 25% do montante total e espera ainda investir vinte mil euros, incluindo salários.

Parceiros:

Catarina Pinto, Terrapalha arquitectos: http://terrapalha.com/ 

Moritz Reichert, Dobry Dom, Polónia: www.stankowice64.com/index_right.html 

Itecons, Laboratório de engenharia da Universidade de Coimbra http://www.itecons.uc.pt/ 

Tecnalia, Laboratório Bilbao https://www.tecnalia.com/en/ 

FASBA, Associação Alemã de construção em palha http://fasba.de/

Relatório do ITECON 
Ficha técnica – Cofinanciamento

www.tamera.org