CRIANÇAS E JOVENS

O destino das crianças determina o destino do mundo. Desde há décadas que trabalhamos em novas abordagens comunitárias, para que elas possam crescer num estado de confiança. As nossas crianças vivem juntas em grupos, em unidades familiares integradas numa comunidade maior. Por vezes gostam de se auto-organizar e criar grupos comunitários maiores, onde vivem durante algum tempo. Apoiamos que se tornem pessoas com capacidade de pensar de forma autónoma e destemida, participando de forma responsável na co-criação deste mundo. Focamos-nos em fortalecer a sua auto-aceitação e espírito comunitário, a sua curiosidade natural, a sua solidariedade e empatia por tudo o que vive. Estamos actualmente a desenvolver e a acreditar a Escola da Esperança, como escola internacional para as crianças de Tamera, da região e da nossa rede global.

“Todas as crianças são crianças da criação. Ouve a linguagem das tuas crianças e pressente o seu sonho, que despertará o teu sonho também. Não tentes cumprir através delas os teus desejos não realizados. Realiza-os tu mesmo.”

SABINE LICHTENFELS

O que Aprendemos

  • As crianças vêm ao mundo com o coração aberto, prontas para confiar e amar, com curiosidade irrestrita e compaixão por todos os seres. Como adultos, somos responsáveis por nos assegurarmos que elas nutrem estas qualidades ao longo das suas vidas. Se o fizerem, poderemos testemunhar o nascimento de um novo mundo, habitado por seres verdadeiramente humanos.
  • O destino das nossas crianças determina o destino do nosso mundo. O destino das nossas crianças depende do quanto os seus pais conseguem criar solidariedade, comunidade e relações amorosas estáveis. Portanto é importante que os pais estejam integrados em contextos sociais estáveis, onde possam trabalhar nos seus processos interiores, tal como na Escola dos Pais e na Escola do Amor.
  • Para que as crianças cresçam em liberdade e confiança, sem medo e fixação, os pais e as crianças precisam de estar integrados numa comunidade de confiança, com estruturas estáveis, onde existam diversas relações sólidas, um claro sentido de lar e uma autoridade positiva que sirva de orientação.
  • As crianças não são posse dos pais. As crianças são seres cósmicos que vêm até nós com os seus próprios sonhos de vida. A nossa tarefa é acompanhá-las e apoiá-las a percorrer o seu caminho na vida. Quando nos atrevemos a seguir e realizar os nossos próprios sonhos como pais, possibilitamos que as crianças possam fazer o mesmo.
  • A aprendizagem e a criatividade são processos naturais que ocorrem automaticamente quando não são perturbados. As crianças aprendem com grande alegria e competência, de acordo com o seu próprio ritmo e motivação intrínseca, quando existe confiança e respeito mútuo, e liberdade para colocarem as suas questões e encontrarem respostas autênticas.
  • Um novo mundo precisa de novas escolas, centros holísticos de aprendizagem que preparem as próximas gerações para o futuro, ao invés de as prenderem ao passado. Centros que ofereçam espaços abertos e criativos de aprendizagem, abordando conhecimento relevante ao nível social, espiritual e ecológico, despertando uma consciência global e apoiando as nossas crianças e jovens a tornarem-se co-criadoras responsáveis deste mundo.

Contacto

Por favor contacte: office [at] escola-da-esperanca.org

Ajude-nos a estabelecer a primeira escola internacional no Alentejo!
O seu donativo permitirá que a próxima geração se torne co-criadora de um mundo pacífico.

www.tamera.org