Barbara Kovats

Sou uma “investigadora da vida” e trabalho no desenvolvimento da comunidade, acompanho a equipa do Campo Experimental de Energia Solar e faço parte do Conselho de Mulheres de Tamera.

Biografia

Nasci em Zurique, Suíça, em 1957 e questiono-me, desde criança, sobre como criar um mundo sem sofrimento. Os animais têm sido excelentes professores no meu percurso para uma vida livre de crueldade. A minha educação formal incluiu estudos em arqueologia e pré-história. Era fascinada pela natureza humana e a sua interacção com a terra no seu povoamento primitivo; depois a minha busca voltou-se para o futuro. Atraída pela abordagem radical a questões sobre comunidade, eros, amor e significado, juntei-me ao projecto “Bauhuette” em 1986 fazendo parte do projecto desde então.

No inicio dos anos 90, juntei-me ao ZEGG, perto de Berlim, onde co-coordenava a “Universidade de ZEGG” e organizava uma rede de trabalho internacional de peritos em diversas áreas e iniciativas para a paz, o que me pôs em contacto com génios inventores como Jürgen Kleinwächter, F.A. Popp e Alfred Wakeman. Desde aí, o meu coração palpita pela investigação tecnológica em ressonância com os padrões da natureza, e por juntar tudo isto com novas formas de coexistência em comunidade.

Juntei-me a Tamera em 1998 e, desde daí, estou envolvida na pesquisa tecnológica.

O que me motiva

Desde que conheci o projecto há 30 anos, que me sinto electrificada pela sua abordagem política, que conecta a transformação individual e a construção de novas estruturas sociais, num verdadeiro serviço em prol do mundo. É revolucionário para mim, enquanto mulher, poder revelar e seguir a minha natureza sensual sem ser caluniada e julgada. Interpreto-o como sendo a aventura dos nossos tempos, encontrar um modelo que mostre soluções para as crises de hoje. Adoro a forma como Buckminster Fuller o diz: “Nunca mudas nada lutando contra o que existe. Constrói um novo sistema e torna o existente obsoleto”.

A minha função em Tamera

Coordeno, juntamente com Janos Valder, o Campo Experimental de Energia Solar em Tamera, apoiando profissionais de várias áreas para que colaborem entre eles e com Tamera, de forma a integrarem o seu trabalho no projecto dos Biótopos de Cura. Conjuntamente com outros, estou a desenvolver o Blueprint 200 um projecto que visa tornar o Campo Experimental de Energia Solar num modelo piloto para o povoamento regenerativo do futuro. Paralelamente, dou apoio a pessoas e a grupos com o meu conhecimento social sobre construção de comunidades. Faço também parte do Conselho de Mulheres de Tamera, que lida com todo o tipo de questões sociais dentro da comunidade.

www.tamera.org